www.elumiere.net

ACONTECIMIENTOS 2013

ANDRE FERREIRA

 

 

 

2013 um ano difícil  para o cinema português...

Torna-se difícil fazer uma selecção de filmes...  estes são apenas filmes que diria a qualquer amigo para ver... cinema que vale a pena.

Estamos atordoados e sonolentos mas não mortos; o que fazer quando já não nos encontrarmos? Por cada cinema que se fecha é um beco sem saída... é um cruzeiro no fundo do mar... é uma praça vazia no cairo...

Lisboa recebeu de mãos abertas dois filmes fundamentais restaurados de Ozu (An Autumn Afternoon + Tokyo Story), as salas voltaram a encher-se de pessoas, reclamos luminosos dos bairros de Tokyo, sakê e quimonos florais.

Jonas Mekas apresentou o seu último filme (Outtakes from the life of a happy man), sentimo-nos a tocar as suas películas e bem assim a sua vida... tudo claro à frente dos nossos olhos, gestos, olhares e palavras... tudo feito poesia.

Abbas Kiarostami encontra a subtileza, reflexos nos vidros do carro, diálogos proibidos, pudores (Like Someone in Love)... quem mora neste filme move-se em bicos dos pés onde atrás de cada plano escondem-se palavras e coisas que não podem (não devem?) ser ditas, como se tudo o que vemos fossem apenas sombras que nos fazem sentir de forma mais profunda mas mais distante do visível e do imediato.

Não esqueço In Another Country – Hong Sang soo porque mais uma vez é um filme que é muito para além do que o que mostra... que aquele farol não é apenas um farol e o vestido vermelho pintado sobre o mar também é isso, mas é também é muito mais que isso...

Por casa entre muitos viu-se Ford (The Man who shot Liberty Valance + Sargeant Rutledge) Otto Preminger (Anatomy of a Murder) e Paul Thomas Andersen (The Master).

A Cinemateca na continuação do seu excelente trabalho ofereceu-nos Chronik der Anna Magdalena Bach da dupla Straub que por decreto deveria passar todos os meses... absolutamente imperdível.

Tivemos James Gray com o seu novo filme The Immigrant, é Gray à sua maneira... não desilude. 

Quase a terminar, Pedro Costa viu o seu filme No Quarto da Vanda finalmente editado em DVD (um cinema antes e depois d’No Quarto da Vanda), esta edição faz-se acompanhar de um pequeno livro verdadeiramente fascinante com uma entrevista ao realizador (Um Melro Dourado, Um Ramo de Flores Uma Colher de Prata).

Destaque absoluto para Casa de Lava – Caderno de Pedro Costa, páginas cheias de silêncio... corpos... recortes de jornais, Picasso... vacinas...  por detrás do pano do filme A Casa de Lava... Magnífico...

  

André Caetano Ferreira, estudante de Direito Fiscal (Católica Tax)